terça-feira, 18 de setembro de 2018

''a geometria dos afogados''

''a viagem surge como hipótese de contínua insubordinação.'' 
Vasco Vasconcelos 



Tini zabutykh predkiv (1965, Sergei Parajanov)


Barcos por entre  o arquipélago instável dos corpos perdidos numa névoa que cheira a gasolina: o som dos motores redesenha o mapa dos naufrágios, a geometria dos afogados (RUI NUNES).

Sem comentários:

Enviar um comentário