segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

... a chorar? És parva.

António, um rapaz de Lisboa, Jorge Silva Melo, 1995

Sem comentários:

Enviar um comentário