quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

os mortos são muitos e / dos vivos basta um




no dia de todos os mortos quero um homem
bem vivo na minha cama
pois os mortos são muitos e
dos vivos basta um
se não chegar
dá deus outro
parecido com os demais onde é preciso
cada vivo desalinhar

bénédicte houart

Sem comentários:

Enviar um comentário