Ciméria

Leave a Comment





polaroids de Patti Smith



''Nenhum dos sofismas da loucura, - a loucura que se encarcera, - foi esquecido por mim: poderia repeti-los todos, possuo o sistema. Minha saúde viu-se ameaçada. Sobrevinha o terror. Caía no sono durante dias seguidos e, uma vez desperto, continuava os sonhos ainda mais tristes e, por um caminho cheio de perigos, a minha fraqueza conduzia-me aos confins do mundo e da Ciméria, pátria das sombras e dos turbilhões.''
Rimbaud*, Uma Estação no Inferno

* leio o Rimbaud como o Mexia ouve os Smiths.

0 comentários:

Sabrina D. Marques © 2005-2015. Com tecnologia do Blogger.

Archives