Infinito não.

Leave a Comment
''(...)
Foi quando compreendi 
Que nada me dariam do infinito que pedi, 
- Que ergui mais alto o meu grito 
E pedi mais infinito! 
(...)''
JOSÉ RÉGIO, in Poema do Silêncio

Vertigo, Hitchcock , 1958

The Wings of Eagles, John Ford, 1957


Musica Callada - Mompou

0 comentários:

Sabrina D. Marques © 2005-2015. Com tecnologia do Blogger.

Archives