os meus 20 filmes de vento e mar

Leave a Comment




Pandora and the Flying Dutchman, Albert Lewin, 1951

( então andam aí a circular listas)

Os filmes que se seguem não são os meus rigorosos favoritos, mas são muito meus. São ecos de mar que entram pela janela aberta. É a nostalgia dos lugares que sobrevivem às gerações de homens que os ergueram. É a perfeição de amar à distância. É o peito que as tempestades à noite acordam. É o peso de crescer entre os bustos e as ruínas no velho continente. É o deus-menino que ainda não veio. São os mitos que se esquecem e se reinventam. São epopeias e farsas e tragédias, é a vida sempre actual dos clássicos. São os meus sonhos mediterrânicos.  


1 - Stromboli (Rosselini)
2 - The wind (Victor Sjöström)
3 - Gradiva (Raymonde Carasco)
4 - Son nom de Venise (Marguerite Duras) / L'annonce faite à Marie (Alain Cuny)
5 - O deserto dos tártaros (Valerio Zurlini) / O olhar de Ulisses (Theo Angelopoulos)
6 - Mediterranée (Jean-Daniel Pollet)
7 - L’Atalante (Jean Vigo)
8 - Fitzcarraldo (Herzog) / A Árvore dos Tamancos (Ermanno Olmi)
9 - À beira do mar azul (Boris Barnet)
10 - The Mortal Storm (Borzage) / Last Flight (William Dieterle)
11 - A man in the wilderness (Richard Sarafian) / The Wild Blue Yonder (Herzog)
12 - Pandora and the Flying Dutchman (Albert Lewin)
13 - Muriel (Alain Resnais) / Tree of Life (Malick)
14 - The Searchers (John Ford) / Yellow Sky (William A. Wellman)
15 - Enchanted Island (Dwan) / The Revolt of Mamie Stover (Raoul Walsh)
16 - Where now are the dreams of youth (Ozu)
17 - La Vallée Close (Rousseau)
18 - Le Mepris (Godard)
19 - La Cicatrice Interieure (Garrel)
20 - The Ghost and Mr Muir (Joseph Leo Mankiewicz) / Teorema (Pasolini)

0 comentários:

Sabrina D. Marques © 2005-2015. Com tecnologia do Blogger.

Archives