domingo, 16 de fevereiro de 2014

Para sempre Miklós Jancsó (1921-2004)


Miklos Jancsó recebe prémio honrário aos 92 anos no Movifest Budapeste

Salmo Vermelho, Miklos Jancsó, 1972 


Sem comentários: