Os pescoços mordidos lembram ao corpo como os vampirismos raramente se cumprem em sangue.  E no entanto, fazem-se sentir a cada dia.


The Addiction, Abel Ferrara, 1995

Body Bags, John Carpenter et al, 1993




 Tartufo, Murnau, 1925


“The only antidote to mental suffering is physical pain.”
Karl Marx

"Em todos os males que nos acontecem, olhamos mais para a intenção do que para o efeito. Uma telha que cai de um telhado pode ferir-nos mais, mas não nos desola tanto como uma pedra atirada de propósito por uma mão maldosa. O golpe, por vezes, falha mas a intenção nunca erra o alvo."

Jean Jacques Rousseau, 
in 'Os Devaneios do Caminhante Solitário'




0




"Antes, para nos confrontarmos com os outros tínhamos as guerras. Agora temos as empresas."
em
J’ai Très Mal au Travail, 
de Jean-Michel Carre e Nicolas Sandret (2006)


"... A avaliação individual é uma técnica extremamente poderosa que modificou totalmente o mundo do trabalho, porque pôs em concorrência os serviços, as empresas, as sucursais – e também os indivíduos. E se estiver associada quer a prémios ou promoções, quer a ameaças em relação à manutenção do emprego, isso gera o medo. E como as pessoas estão agora a competir entre elas, o êxito dos colegas constitui uma ameaça, altera profundamente as relações no trabalho: “O que quero é que os outros não consigam fazer bem o seu trabalho.” Muito rapidamente, as pessoas aprendem a sonegar informação, a fazer circular boatos e, aos poucos, todos os elos que existiam até aí – a atenção aos outros, a consideração, a ajuda mútua – acabam por ser destruídos. As pessoas já não se falam, já não olham umas para as outras. E quando uma delas é vítima de uma injustiça, quando é escolhida como alvo de um assédio, ninguém se mexe…
(...) Há estágios para aprenderem essas técnicas. Posso contar, por exemplo, o caso de um estágio de formação em França em que, no início, cada um dos 15 participantes, todos eles quadros superiores, recebeu um gatinho. O estágio durou uma semana e, durante essa semana, cada participante tinha de tomar conta do seu gatinho. Como é óbvio, as pessoas afeiçoaram-se ao seu gato, cada um falava do seu gato durante as reuniões, etc.. E, no fim do estágio, o director do estágio deu a todos a ordem de… matar o seu gato. (...) Só que aqui ninguém estava a apontar uma espingarda à cabeça de ninguém para o obrigar a matar o gato. Seja como for, um dos participantes, uma mulher, adoeceu. Teve uma descompensação aguda e eu tive de tratá-la – foi assim que soube do caso. Mas os outros 14 mataram os seus gatos. O estágio era para aprender a ser impiedoso, uma aprendizagem do assédio. Penso que há bastantes empresas que recorrem a este tipo de formação – muitas empresas cujos quadros, responsáveis de recursos humanos, etc., são ensinados a comportar-se dessa maneira. "
CHRISTOPHE DEJOURS em entrevista ao PÚBLICO (2010)

A mesma história foi contada por um veterano da guerra do Vietnam, em 1971 durante o Inquérito Winter Soldier (documentado pelo filme Winter Soldier, Winter Film Collective, 1972). Só que eles usavam coelhos para o treino pré-Vietnam. 


0

Steve Best e Paulo Borges, Set.2012
0


"... El primer gesto radical que introdujo Chris Marker dentro de su filmografía fue la concepción de la película como un ensayo. En los últimos años se ha hablado mucho de cierta idea del cine-ensayo como proceso de escritura libre o como deriva surgida de los nuevos caminos de experimentación que propuso el documental. Mientras el cine documental clásico tiene como eje la noción de tema, entendido como discurso que avanza hacia una dirección que ha sido predeterminada en el momento de concepción de la obra, el cine ensayo funciona como un noble intento para poder llevar a cabo un pensamiento abierto hacia múltiples territorios. La deriva del documental clásico estaría más cercana al concepto académico de tesis en la que hay un tema, se plantea un problema y se lleva a cabo una investigación que derive hacia unas conclusiones. En cambio, el concepto de ensayo establecido en el siglo XVI por Montaigne es el de una escritura libre, que avanza sin destino predeterminado y que acaba reflejando una clara idea de un mundo. Una película modélica que convierte la digresión estílistica en un efecto estílistico abierto hacia la reflexión es Sans soleil (1982): no hay tema, no hay un espacio concreto de la enunciación y el espectador se halla a la deriva perdido entre diferentes países y entre una correspondencia a partir de una voz en off que no ha sido concretada...."

por Àngel Quintana, em LFU
0



Forty Guns, 1957
Underworld USA, 1961
by Samuel Fuller
0


Jean-Luc Godard | Film Socialism | 2010
0


Pedro Jordão e eu à conversa 
+ Toni d'Angela a solo, 
para falar sobre 4:44, de Abel Ferrara, na LA FURIA UMANA #14
0
Sabrina D. Marques © 2005-2015. Com tecnologia do Blogger.

Archives