domingo, 30 de setembro de 2012

as tardes contam histórias dos ventos que passam.



FLORES DO EQUINÓCIO,  Ozu, 1958


TOKIO STORY, Ozu, 1953

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

São.

Todas as inteligências são iguais.
Joseph Jacotot

Paul Klee

domingo, 9 de setembro de 2012

Máquina da Memória.





The Ister,  2004, David Barison e Daniel Ross

Arquipélagos de sentido.

"Os homens procuram a eternidade na região da morte."
Sto. Agostinho



"Pena incerta em hora incerta"

Pascal



"Vemos luz, vai ali alguém"
Fernando Pessoa




stills de Bill Morrison, Decasia: The State of Decay, 2002

sábado, 8 de setembro de 2012

um coração por peito é uma planta por trato.

Olhei para a minha estante e vi os bons livros que ele me ofereceu. De facto, não restam dúvidas: era um rapaz que lia muito e bem. Como é que pensava tão mal?
Só posso lembrar-me do minha pessoa favorita, a minha velha avó que me criou sem nunca saber juntar duas letras, e depositar verdade nisto: um coração não se aprende.


Earth, 1930, Aleksandr Dovzhenko