domingo, 6 de maio de 2012

JCM : .... é um prazer perder com o Fernando Lopes. Ele conhece a nobreza do boxe.


João César Monteiro
-  (...) o meu empenho é fazer já o melhor filme português de todos os tempos.
Lauro António – Acha que é capaz?
J.C.M. – Duvida? É certo que há a sombra da Abelha a pairar no próximo Inverno, mas é um prazer perder com o Fernando Lopes. Ele conhece a nobreza do boxe.
L.A. – Falando de dificuldades, quais foram as maiores?
J.C.M. – Sempre as dificuldades da escassez metálica e sonante.

Sobre “Quem Espera por Sapatos de Defunto Morre Descalço” in Diário de Lisboa (Suplemento literário), 14 Agosto 1969.

Sem comentários: