Get out of the car

12 comments


"Os artistas e o artista do lado dos pobres que trabalham e suam e tornam isto mais habitavél – Thom Andersen. "

José Oliveira in Raging B, sobre "Get Out of The Car" de Thom Andereon

12 comentários:

Álvaro Martins disse...

É um dos melhores blogs de cinema que andam por aí.

Sabrina D. Marques disse...

É O melhor!
=)

Álvaro Martins disse...

Tendo a concordar eheh

Sabrina D. Marques disse...

( .... Em boa verdade, a jeito de confissão, um apreço que aqui partilhamos que é em tudo antagónico à iniciativa "Tudo o Que Você Sempre Quis Saber Sobre Bloggers de Cinema [Mas Teve Medo de Perguntar] " de que tive conhecimento agora - via blog ordet.
Uma proposta de debate que, para lá do nome ridículo, que se assume "... à volta da comunidade de bloggers, da especificidade dos blogs de cinema, o que lhes confere qualidade, a relação entre cinéfilia e crítica de cinema online/offline, partilha de ficheiros, paradigmas e dissidências do digital, etc.. "
uff.
...
acho um tanto ridículo pôr-se com tanta seriedade isto na mesa como tópico, quando para mim - e para o Zé, de certeza - não se vê isto dos blogs como mais do que um grupo de amantes do cinema a partilhar umas coisas....
dissecar analiticamente parece-me tão longe dessa espontaneidade e pessoalidade que se dá no virtual, sem regras, com exemplos delirantes e tão livres como este espaço o permite....
É grave que até aqui chegue o vício explicativo de régua-esquadro, só para academicistas crónicos, estes que dos blogs-status....
O que faz entre "bloggers a quem se tem medo de perguntar coisas"? Pratica-se a vã glória e o enfadonha e tão costumeiro entre-elogio?...

Ao elevar em importância o blog do Zé, é certo que o faço em função de outros e se calhar este é afinal o meu critério : o da verdade. )

Álvaro Martins disse...

Pois... já tinha lido no MOTM essa "notícia" ou "comunicado", sei lá. Não me surpreende nada, mais ridículo acho criarem prémios de melhor blog e melhor blogger e coisas afins, como se afinal andássemos todos aqui a competir uns com os outros. Sou apologista do debate, e debate que é debate faz-se numa mesa e num frente a frente (e acredito que o título e só o título dessa iniciativa tenha sido uma infeliz ideia de alguém), mas partilho da tua opinião que o que se faz aqui (nos blogs) é a partilha do conhecimento ou daquilo que se vai conhecendo e aprendendo por parte dum grupo de amantes do cinema. E à falta de melhor (do tal debate “real”, do tal frente a frente que acredito que a muito boa gente faça falta e por isso estas iniciativas) faz-se estes (não o referido atenção) debates virtuais (como por exemplo algo que o Roberto do Cineroad consegue fazer ou estimular e o Palhares do Cine Resort tentou com a tal rubrica dos planos). Quem o faz (a partilha), fá-lo (ou deveria) por gosto e mais por um certo tipo de desabafo ou exposição (como quem escreve poesia ou pensamentos diários (?) e mete nos blogs, é legítimo, é compreensível até certos limites do próprio ridículo, “cada um come do que quer” como dizia o Luis M. Oliveira) do que por algum anseio de reconhecimento ou de vanglória, visto a net ser um veículo de partilha de informação em que o anonimato é comum e “mal” (ou bem) geral. O que a net traz (ou os blogs) é essa capacidade de partilhar (ou desabafar), "pôr no papel" os conhecimentos e as opiniões com gente (geralmente anónima ou de quem até conheces o nome mas nunca viste a cara...) de outros lugares que não o "teu". Talvez por isso (e acredito que surja naturalmente) a vontade do reconhecimento (ou do elogio) e que, aliado a isso, surja (os comentários ajudam e muito) um certo tipo de vaidade ou de orgulho pelo “desenvolvimento” e consequente aumento do reconhecimento da sua escrita (que acontecerá certamente com o Zé, porque é natural e não implica nenhum detrimento da partilha pessoal ou espontânea). É portanto natural que surjam estas iniciativas, como que a querer “profissionalizar” (ou qualquer coisa do género) a suposta actividade (que para mim é passatempo e talvez por isso nunca entraria numa iniciativa destas) disto de escrever em blogs. Para perguntas existe a caixa de comentários, quem não a tiver é porque não está para perguntas eheh. Por isso não vejo grande utilidade nisso, a não ser que o título seja efectivamente uma infeliz ideia ou escolha eheh.

Pedro Treno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro Treno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sabrina D. Marques disse...

Olá Pedro. Não fui convidada mas também não levo isto do "blog" suficientemente a sério - e isso nota-se -para me interessar por encarar o facto de ter um "blog" como uma actividade que mereça ser discutida...

Pedro Treno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sabrina D. Marques disse...

há sempre tempo para passar....
;)

João Gonçalves disse...

Tenho paragem obrigatória desde do início do Blog Touro Enraivecido. É uma grande fonte de conhecimento. E a cada novo post, uma enorme paixão pelo cinema.

Sabrina D. Marques disse...

:) é mesmo!

Sabrina D. Marques © 2005-2015. Com tecnologia do Blogger.

Archives