A Árvore de Angelopoulos.

4 comments


Landscape in the Mist (1988), de Theo Angelopoulos.



Quanto ao plano escolhido, é um plano geral fixo (embora com leves e lentíssimos movimentos que não implicam deslocação da câmara), é o último plano do filme Paisagem na Neblina do grego Theo Angelopoulos (um dos meus cineastas de eleição), e o plano filma duas crianças (as protagonistas do filme) indo em direcção a uma árvore. Penso eu, que a árvore aparece ali como que a simbolizar o destino (o destino duma árvore é aquele, inerte, inevitável), e por isso aquelas duas crianças que durante o filme vivem numa constante procura utópica do pai até que neste final se compreende toda a inevitabilidade desse destino da orfandade paternal. Não há nada que eles possam fazer, por mais que procurem nunca encontraram o pai (e Angelopoulos nunca nos diz se está vivo, se está morto ou se não quer ser encontrado, nem interessa para nada), assim como as árvores nunca sairão do sítio. E o plano é brilhante, a forma como procura enevoar todo o cenário como uma metáfora da recusa da aceitação de tal condição por parte das crianças, dissipando-se lentamente (a névoa) à medida que as crianças alcançam a árvore, até ao desaparecimento total da névoa (a recusa) quando estes abraçam a árvore. Penso que seja assim." (Álvaro Martins)


No âmbito da estimulante rúbrica "Série dos Planos", promovida pelo Cine-Resort, em actualização permanente.

4 comentários:

Álvaro Martins disse...

E o João tem razão quando diz que não se fala (ou pelo menos não tanto quanto se deva) de planos por esta blogosfera fora. Já viste o filme? Que achas do plano?

Sabrina D. Marques disse...

Adorei a iniciativa! Não vi o filme, mas fiquei francamente em pulgas. Vou tentar arranjá-lo.
O plano é estrondoso!! Uma óptima escolha, e um comentário que o enquadra maravilhosamente. Cumprimentos a ambos.

Álvaro Martins disse...

Aconselho, aconselho eheh e obrigado pelo elogio. Cumprimentos para ti também ;)

Ah e adorei o teu blog!

Sabrina D. Marques disse...

Obrigada Álvaro! Sê bem-vindo! =)

Sabrina D. Marques © 2005-2015. Com tecnologia do Blogger.

Archives