terça-feira, 30 de março de 2010

stay weird.

Alice nas Cidades (Wim Wenders, 1974)

Un son acousmatique - Chion


The Wind (Victor Sjöström, 1928)


[Un son acousmatique - que l'on entend sans voir la cause dont il provient - est ressenti comme lieu secret, énigmatique, où le savoir se cache] MICHEL CHION

daqui


domingo, 28 de março de 2010

Cinema experimental polaco #1


Somnambulists, Tadeusz Kantor/Mieczysław Waśkowski  (1958)




sexta-feira, 26 de março de 2010

HURTLOCKER.


KATHRYN BIGELOW, 2010
Um inspirado gesto de força. A guerra é o micro-mundo onde cada acção discute a essência humana.




















Winter's light. (BERGMAN)









quinta-feira, 25 de março de 2010

STEREODOX: Eu não pertenço ao mundo.

antes / depois

«De súbito
uma porta abre-se na noite
que separa.»

(Maria Graciete Besse, Na Inclinação da Luz)

 The Palm Beach Story, Preston Sturges, 1942


terça-feira, 23 de março de 2010

Fomos outros, um com o outro.



It's not about you anymore,
it's about that moment in time
that is forever lost.

sexta-feira, 19 de março de 2010

- Aquela esperança é tão funda que nunca me há-de abandonar.

  Green over Blue, Mark Rothko, 1956


Nuit sur la mer, Paul Delvaux, 1976



La prima notte di quiete, Valerio Zurlini, 1972


: A última noite de sossego





La prima notte di quiete, Valerio Zurlini, 1972



"De quem? Um só olhar desencadeia uma paixão, um assassínio, uma guerra."
Notas sobre o cinematógrafo, Bresson

terça-feira, 16 de março de 2010

À lei do deserto.

 Il Deserto dei Tartari.




O Deserto dos Tártaros
VALERIO ZURLINI (1976)






FLEURETTE / O passado dorme dentro.

Fleurette, Sérgio Tréfaut, 2002

FLEURETTE, do realizador português Sergio Trefaut, evoca o nome da sua mãe FLEURETTE, que ele filmou aos 79 anos de idade. Porque não conhecia a história do passado conturbado da mãe, o filme consiste num modelo participativo e conversacional que estrutura o filme que tem Fleurette como eixo, e também estimula esse abrir das memórias que sempre guardou, estreitando a relação entre a mãe e o filho, entre o que é filmado e o que filme. A geografia da sua vida anda a par e passo com a história política do SEC. XX, tendo atravessado a Alemanha Nazi, a ocupação francesa, a diiadura brasileira e a revolução portuguesa.

quinta-feira, 11 de março de 2010

I can't say how or when

But I know somewhere the ship comes in every day







Mariana Viegas