sábado, 27 de fevereiro de 2010

Hoje sinto-me assim:



An evening of Carnival, Henri Rousseau (1886)

Sem comentários: