Às vezes parece que já vivemos tanto.

Leave a Comment
LA ROUE, Abel Gance, 1923


Às vezes parece que já vivemos tanto. 
O sossego é o único preâmbulo que o homem conhece para uma verdade maior. 
A minha mãe é de uma geração que desconhece o morrer que é continuar. 
Só são nossas as coisas que assimilamos: uma maçã, um jardim, uma casa. 
Coisas a comporem-se para dentro, para a memória.  
Às vezes não queremos dizer adeus. 

Joana Jacinto

0 comentários:

Sabrina D. Marques © 2005-2015. Com tecnologia do Blogger.

Archives