domingo, 26 de abril de 2009

Obra-prima.


"Um dos dez melhores filmes do Mundo."
François Truffaut

L'Atalante
JEAN VIGO (1934)
Foi: 
- A aura aquática de Juliette, na mais inesquecível cena de L'Atalante;
- O romantismo de Jean ao suster a respiração e mergulha para resgatar, finalmente, das águas, o belo vulto da noiva;
- A sensual contracena de camas onde os amantes se contorcem distantes;
 - A solidão que treme pela procura do corpo do outroJean no barco e Juliette em Paris, entre os lençóis, desejando-se em simultâneo;
- A roda de gatos, a vida absoluta da vida e a música sempre alegre de Pére Jules, o grande ordenador.

 O meu fascínio por este filme está para lá de palavras.

Sem comentários: