sábado, 18 de junho de 2005

É necessário estar sempre embriagado.



A Marguerite Duras concordaria.

É necessário estar sempre embriagado. Tudo está aí: é a única questão. Para não se sentir o horrível fardo do Tempo que quebranta os vossos ombros e vos curva em direcção à terra, deveis vos embriagar sem trégua. Mas de quê? De vinho, de poesia ou de virtude, como quiserdes. Mas embriagai-vos. Baudelaire



CUT COPY

LIGHTS AND MUSIC


SATURDAYS

Sem comentários: