sábado, 26 de fevereiro de 2005

Out here, far away in our loneliness.

O que eu habito é a minha vulnerabilidade.
 (Vasco Gato)

 Persona, Bergman, 1966

Sem comentários: